quarta-feira, 22 de julho de 2015

ÍNTIMAS DA RAY: DRI ARAÚJO

 Hoje vamos conhecer um pouquinho da história da Dri, que graças sua filha resolveu assumir os cachos!

     "Sempre tive um cabelo ondulado, tipo meio termo: nem liso e nem cacheado. E eu não gostava dele daquele jeito. Então deixava-o sempre escovado. 

    Até que no ano de 2007 resolvi fazer minha primeira progressiva.  Ficou super liso e devido ao fato da minha raiz não ser muito cacheada, conseguia manter a progressiva por mais tempo. Porém fui cansando do visual que sempre era o mesmo,  já que não conseguia fazer nada de diferente no cabelo. Qualquer evento ou lazer meu cabelo estava sempre do mesmo jeito e com isso fui enjoando, sentindo vontade de inovar.



    Após 4 anos de progressiva, minha filha começou a questionar porque eu tinha o cabelo liso e ela não... Todos os dias ela fazia esse questionamento, até que um dia eu expliquei a ela que o meu cabelo era igual ao dela, e que eu tinha alisado para que ele ficasse assim. Então ela me disse que também queria alisar o cabelo, assim como eu. Como não queria deixar minha filha alisar o cabelo com apenas 5 anos, sugeri um "acordo"de que eu  iria deixar o cabelo igual o dela. Pensem só na felicidade de minha filha!


    Então comecei a transição. Passei por todo esse processo doloroso, que foi amenizado porque mantive o cabelo escovado até crescer um pouco mais.  Na virada do ano de 2011 retirei toda a química, e meu cabelo que era na cintura ficou acima dos ombros. No começo assustei, mas já tinha tomado a decisão e não iria voltar atrás.

   A partir desse momento foi só sucesso. Onde passo as pessoas querem saber como cuido, o que passo no cabelo, se os cachos dão mais trabalho, etc. E eu sempre converso e esclareço. Hoje minha filha está com 9 anos e ama os cachos dela, assim como eu amo os meus. Graças a uma curiosidade de criança estou livre da chapinha e, quer saber? Nunca me arrependi dessa decisão! Meu cabelo "novo" agora  cacheia muuuito mais com as dicas que aprendi.  É claro que ainda tem alguns que preferem o meu cabelo liso né, mas essa preferência tem que ser única e exclusivamente minha. E eu já decidi ser cacheada para sempre." Dri Araujo.




TAMBÉM QUEREMOS CONHECER A SUA HISTÓRIA! Veja como, clicando AQUI!

um beijo,
Ray.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

O SEU CABELO TEM HISTÓRIA? | TRESemmé SELAGEM CAPILAR #AD


Como todo mundo aqui já deve saber, sou uma das embaixadoras de TRESemmé Selagem Capilar e tenho muito orgulho disso! A linha é incrível e feita  especialmente para meninas de cabelos crespos e cacheados.

Todo mundo tem história para contar sobre o seu cabelo. Depois de ter passado a minha infância toda odiando o meu cabelo e, por um período, alisando com escova e chapinha, cansei de não poder ir em piscinas, churrascos e sair na chuva. Então descobri a liberdade e a beleza de amá-lo!

Vem comigo assistir os outros relatos no vídeo completo - que está liiiiindo - no canal da marca! 



Nós também queremos conhecer a história de vocês, compartilhem com a gente usando a hashtag #meucabelominhahistória nas redes sociais!

sexta-feira, 26 de junho de 2015

SE ARRUME COMIGO, SEXTA-FEITA | LOJASPOMPEIA.COM



Fui convidada pelas Lojas Pompéia para fazer um vídeo de Se Arrume Comigo, Sexta-Feira! Espero muito que vocês gostem meus amores:



- Blusa Tricot: http://bit.ly/1LrnjuU
- Macacão Jeans: http://bit.ly/1QRGmDf

Categorias, o site das lojas pompéias tem grande variedades de: 
Bolsas: http://bit.ly/1Nk1L2x
Camisas: http://bit.ly/1NeMn6E
Blusas: http://bit.ly/1Nk1V9S
Botas: http://bit.ly/1dik234
Calças Jeans: http://bit.ly/1RzfqDq

*Look patrocinado!





A entrega foi super rápida e eu fiquei bem impressionada com a qualidade dos produtos! Ameeei!

Viste o site da loja em lojaspompeia.com.br!

quarta-feira, 24 de junho de 2015

ÍNTIMAS DA RAY: BÁRBARA GIL

O Íntimas da Ray de hoje está cheio de detalhes e muitas fotos. A Bárbara Gil dividiu toda  a sua história com a gente!

"Sou mais uma das tantas mulheres que foram seduzidas pela vontade de ter os cabelos lisos desde a infância, minha mãe tem o cabelo liso e nunca soube muito bem como cuidar do meu. Ela não era a favor do alisamento, mas o uso de química era quase um caminho natural pra mim, por ver exemplos na minha própria família como o das minhas tias. 


Lembro que todos reclamavam do volume do meu cabelo - aliás, até hoje minhas avós acham que eu deveria fazer algo para "abaixá-lo" - e lembro que graças a isso eu também me incomodava muito. Meu primeiro relaxamento com guanidina foi meu presente de aniversário de 11 anos, em 2003. Eu amei! Com o uso constante, meu cabelo começou a perder a forma cacheada e aos 16/17 anos eu comecei a fazer escovas progressivas. Lembro que os dias em que eu ia no salão e alisava meu cabelo eram os mais felizes; não suportava ver minha raiz nascendo. 

Mas com o passar do tempo, comecei a ver tantos cabelos cacheados lindos e me perguntava: "e o meu, como será?". Afinal de contas, já havia anos que não via o meu cabelo de verdade. No finalzinho de 2013, uma colega da faculdade que é cacheada e sempre tocava no assunto, o fez novamente: "E os seus cachos, quando vão voltar?".


Eu havia tido um corte químico no cabelo naquele mesmo ano e a vontade de mudar já era bem grande. Depois de muito pensar, eu resolvi começar minha transição (e essa amiga me apoiou bastante). Lembro que contei pras minhas amigas da seguinte forma: "Gente, tomei uma decisão!" e elas acharam que seria uma revelação bombástica, haha. Tive total apoio de todos ao meu redor. Meu pai já pedia que eu fizesse isso a muito tempo. 










Quando cortei - depois de somente 5 meses de transição - foi um misto de euforia, alegria, libertação e um pouco de ansiedade também. Na primeira semana foi difícil ter o cabelo tão curto e em uma textura tão diferente, não vou negar. Mas pouco tempo depois eu já amava meu cabelo, e curti de verdade cada fase dele. Na realidade ainda curto! To amando ter me libertado. To amando ter me reencontrado. To amando o que é ser eu mesma. To me amando muito, mesmo. E gostaria que as meninas que ainda passam por esse processo chato, que é a transição, saibam que o melhor está por vir! 

É isso, obrigada por tantos vídeos motivadores! Obrigada por ter sido uma das blogueiras que eu mais assistia quando pensava em desistir!".  Bábara Gil.




TAMBÉM QUEREMOS CONHECER A SUA HISTÓRIA! Veja como, clicando AQUI!

um beijo,
Ray.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...